domingo, 16 de novembro de 2008

Caracteristicas de alguns meios de comunicação

Os meios de comunicação usados para fazer a veiculação de Propaganda são diversos e muito vastos, cada um deles apresenta, tanto pontos favoráveis como desfavoráveis.
Abaixo listei algumas das mídias que podem ser utilizadas para fazer uma boa veiculação de um produto.
Em primeiro lugar, vou começar com a televisão. É um meio de comunicação, muito utilizado pois possibilita a visibilidade de um grande número de pessoas visando abranger todos os tipos e classes de pessoas. Possui muita credibilidade por ter em seu repertório uma gama muito grande jornalística. É considerada uma “Mídia de Massa”. Porém abrangendo tantas pessoas, não tem uma segmentação, ou seja, não destina algo a um determinado grupo de pessoas, não sendo assim, seletivo. Possui um custo de veiculação muito caro, superado apenas pela produção do material a ser veiculado, esse meio, não apresenta muita agilidade, onde o título da campanha deve ser entregue até o meio dia do dia anterior ao da veiculação e o material até as 16:00 horas, não sendo possível, nenhuma alteração.
Seguindo os passos da televisão, temos o Rádio. Este meio possui várias vantagens, sendo possível uma segmentação de público, isto é, direcionando a propaganda, a determinados ouvintes de determinadas rádios. Tem um ponto forte, pois estimula a imaginação do ouvinte, pois é uma mídia que não mexe com o visual, deixando assim, cada um imaginar o que quiser do produto, ele é muito abrangente, pois 88% dos domicílios possuem rádios. È um meio muito rápido, e relativamente barato, pois você pode fazer uma alta freqüência, colocando varias inserções por dia, com um custo muito baixo. Uma dificuldade do rádio é que não tem exclusividade, podendo acabar sem a percepção dos ouvintes. Sem contar que para você alcançar vários ouvintes, você precisaria fazer inserções em várias rádios, para alcançar públicos diversificados.
O Jornal, é considerado um dos meios com mais credibilidade, pois é quase que exclusivamente informativo e jornalístico, apresenta uma facilitação a propaganda, pois permite o detalhamento do produto anunciado, não é cobrado por tempo, deixando assim, o consumidor mais à vontade, para pensar a respeito do produto. Acaba sendo um meio mais eletizado, pois é formado por um público formador de opinião. Possui um alto custo de veiculação, e apenas 48% da população tem acesso a esse meio, e um anúncio acaba durando muito pouco tempo, mesmo assim para determinados produtos acaba sendo vantajoso um anuncio no jornal.
Damos uma atenção especial, a todas as mídias exteriores, como “Outdoor”, “Front light”, “topside”, e o agora muito famoso mobiliário urbano. Destes, todos são ótimos meios pois ficam “ 24 horas no ar”, apenas após o tempo pré-determinado, é que são retirados. De todas essas mídias vou dar uma atenção especial, ao mobiliário urbano. A empresa que controla essa mídia aqui em Curitiba é a chamada Clear Channel, ela funciona da seguinte maneira, comprando, você ganha direito a 200 faces, que serão espalhadas pela cidade inteira, durante uma semana, você não pode optar por nenhuma região em especial, eles colocam em todas as áreas, não permitindo uma segmentação do produto anunciado. É extremamente próxima do público, pois abrange todas as áreas da cidade, tem um alto custo, mas as vezes, gera um ótimo desempenho, saindo assim, uma mídia barata, isso tudo depende muito do produto e da maneira que for veiculada. Apresenta uma produção demorada, pois depende de empresas terceirizadas.
Temos também o cinema, que é um meio altamente eletizado e segmentado, pois abrange um número muito restrito de pessoas, pois são muitas poucas aquelas que dedicam de seu tempo para o cinema. Apresenta uma área de visualização com um impacto sonoro único e exclusivo. O custo é baixo pela semana comercializada, porém o material a ser exibido deve ser preparado em película, o que é muito caro, como na televisão, tem um altíssimo custo de produção, e não apresenta agilidade. Quando se colocam apenas fotos, fica uma produção mais barata.
Uma meio que apresenta uma alta credibilidade é a revista, é muito eletizado, e como no jornal, permite a detalhação do produto. Tem um alto valor agregado, por ser feita a impressão num papel bonito. E com isso, um custo elevado. Exemplo para se anunciar numa VEJA Regional fica em torno de 8 a 10 mil reais, já para uma VEJA em nível Nacional, esse valor sobe para 100 mil aproximadamente podendo chegar a muito mais. Porém em média 50% da população tem acesso regular.
Por último e não menos importante, destacamos a internet, é uma mídia extremamente nova, muito eletizada, pois apenas 17% da população tem acesso, e muito segmentada, pois abrange um determinado público. Permite uma integração muito grande com o consumidor, é extremamente ágil, o que facilita o trabalho de todos envolvidos, e é capaz de mensurar resultados.

Um comentário:

Camila disse...

Única e exclusivamente a Clear Channel no Mobiliário Urbano?!
Tenho minhas dúvidas!
Mas vou pesquisar o assunto antes de entrar no mérito da discussão contigo, tá?!

beeeeeijo :D